ㅤㅤ ㅤㅤ
“A virtude de uma pessoa mede-se não por suas ações excepcionais, mas pelos seus hábitos cotidianos.” (Blaise Pascal)

E é com esta frase que iniciamos uma reflexão sobre que tipo de imagem estamos passando às outras pessoas e como estamos fazendo a gestão da nossa imagem.

A imagem pessoal nada mais é do que nossa Marca Pessoal. Ela representa quem você é e diferencia das demais pessoas e profissionais de sua área. Sua marca pessoal tem como foco suas características, o que você já realizou e irá realizar. Por isso não se deve dispensar a gestão da nossa imagem.

Para fazermos uma boa gestão da nossa marca pessoal, é importante entender que ela está associada ao modo de como nos posicionamos no dia a dia, por isso, devemos sempre manter a coerência entre o nosso falar e o nosso agir.

Para poder desenvolver e manter sua marca pessoal, seguem algumas dicas:

1) Reputação: Saiba o que você representa. Autoconhecimento é a chave de uma boa gestão da sua imagem, conhecendo seus pontos fortes e de desenvolvimento você irá poder evidenciar as características que deseja.
2) Assertividade: Tenha objetivos bem definidos. Objetivos precisos, ‘… Para quem não sabe onde quer chegar, qualquer rumo, leva ao Norte” saiba como gostaria que as outras pessoas o vissem e como gostaria de ser lembrado, assim você saberá para onde mirar, criando metas e estratégias específicas para alcançar seus objetivos.
3) Diferenciação: Use seu Networking. Após o upgrade em sua marca pessoal, as pessoas devem saber quão bom profissional você é. Sabendo trabalhar bem sua rede de contatos, você pode se tornar referência na sua área de atuação.

Lembre-se que ao encaminhar o seu CV ou participar de um Processo Seletivo, o entrevistador irá além das suas competências e habilidades, ele irá atrás do que te diferencia, da sua Marca Pessoal… Por isso, invista em você!

Especializada em Seleção de Talentos de Tecnologia. Se dedica a entender cada vez mais as aspirações de gestores e candidatos. Investe seu tempo a se manter atualizada como linguagens, ferramentas, metodologias e arquiteturas se relacionam. Encantada por Psicologia Social, pretende participar da ONU em seus projetos de voluntariado. É a origem do bordão “Da onde você saiu, Lívia?”